Quem somos

QUEM SOMOS

Somos mulheres desenvolvendo meios para que nossas referências e nossas contribuições nas artes sejam lembradas, apreciadas e reconhecidas. Somos mulheres escrevendo a História de um lugar que sempre nos foi negado: somos sujeitas das nossas Histórias.

NOSSA MISSÃO

De olho no desenvolvimento de novas tecnologias, linguagens e suportes somos uma plataforma em desenvolvimento para atuar no mercado nacional e internacional, reunindo, divulgando e distribuindo conteúdo artísticos e audiovisual produzido por mulheres.

NOSSA VISÃO
Nos consolidar como uma multiplataforma interativa e inovadora em produção e divulgação de conteúdo crítico, artístico e audiovisual produzido por mulheres e como o maior canal produtor, distribuidor e exibidor de conteúdo feito por Mulheres no Brasil.

NOSSOS VALORES

Ética, colaboração, responsabilidade social, democratização do conhecimento, feminismo, sororidade, diversidade.

 

Amanda Lopes – Currículo Lattes

Fundou em 2013 a produtora Fotossíntese Filmes. Pesquisadora, desenvolvedora, roteirista, produtora e diretora, lançou a plataforma Mulheres Audiovisual em 2016. Doutoranda em Comunicação Audiovisual pela Universidade Anhembi Morumbi, Mestre em Comunicação Audiovisual pela UAM. Bacharel em Cinema e Audiovisual, pela UAM. Licenciatura em Pedagogia. Bacharel em Administração de empresas pela Universidade São Judas Tadeu, com especialização em Finanças e Marketing. Docente há 11 anos pela Secretaria de Educação do Estado de SP, para Ensino fundamental II e Médio: Artes, Matemática, Fotografia, Cinema, Roteiro, atuando principalmente nos seguintes temas: cinema, mulher, comunicação, curtas metragens e debates. Docente contratada do Núcleo de Educação para as Relações Étnico – Raciais com formações voltadas para docentes efetivos e contratados da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo.

– “O ENSINO DE HISTÓRIAS E CULTURAS INDÍGENAS: REPENSANDO PERSPECTIVAS DE PRÁTICAS ANTIRRASCISTAS”

– “POVOS INDÍGENAS E SUAS REPRESENTAÇÕES EM FILMES E PUBLICIDADE: AGUÇANDO O OLHAR”.


Mariana Zani

Curadora de Rádio e TV, e Produtora Executiva, é formada em RTV, Pós-Graduada em Comunicação, Diretora e atriz há 18 anos. Desde 2011 atua como arte-educadora e palestrante sobre Produção de Cinema e Audiovisual com ênfase no baixo orçamento. Já ministrou oficinas livres e palestras, em locais como o Itaú Cultural, ETEC Roberto Marinho, Universidade Federal de Juiz de Fora, UNIABC, Sesc (Belenzinho, Rio Preto, Santana, Bertioga, Carmo e Itaquera), Universidade Anhembi Morumbi, FMU,CCBB e outros. Tendo já trabalhado com centenas de estudantes, iniciantes e profissionais.
É co-fundadora da produtora independente RZP Filmes que já produziu e co produziu mais de 20 filmes entre curtas e médias metragens, entre eles trabalhos multi premiados como COVA HUMANA, CASULOS, GATO, ENCOSTO e JUDAS.


Valéria Calado

Atua na área de Roteiro, Produção Executiva e Design no Mulheres Audiovisual.  Formada em Publicidade e Propaganda e em Artes Cênicas. Atualmente é sócia na “i:i Filmes” onde desenvolve programas de arte inclusiva, música e audiovisual, produzindo também pessoalmente, todo o material gráfico das instituições.


Junia Soares

Formada em Cinema pela Universidade Anhembi Morumbi. Atua como Produtora Audiovisual/Cultural desde 2011, sempre se alternando profissionalmente como artista, técnica, Educadora Social e Arte educadora. Experiencia em estúdio de filmagem, realizando montagem e desmontagem de equipamentos de iluminação, preparação de cameras e montagem e colorização de vídeos. Possui experiência no desenvolvimento e condução de cursos, workshops e oficinas para crianças e adolescentes, constantemente valorizando o protagonismo juvenil e a ludicidade dos suportes materiais que a fotografia e o vídeo propiciam. Facilmente se adapta a novos grupos e rotinas. 


Agradecimentos especiais as colaboradoras ao longo do tempo…

Ana Izidoro: Atuou na redação, pesquisa, produção e curadoria. Bacharel em Cinema e Audiovisual na Universidade Anhembi Morumbi, faz produção de alguns projetos independentes.

Ana Paula Martins: Historiadora, educadora e pesquisadora, estuda a crítica feminista e as vozes e narrativas femininas e lésbicas na História. Trabalha com consultoria em Artes e História, com elaboração de projetos e produção cultural.

Cristianne Ly: Formada em Design Gráfico (2005). Diretora de Arte, animadora e ilustradora do Mulheres Audiovisual. Atua como  Diretora de Arte e ilustradora para motion graphics.

Lívia Anjos : Pedagoga em formação pela Universidade Federal de São Paulo, brincante da cultura popular, atua como pesquisadora e produtora de projeto social de resgate identitário através da música. Atuou na curadoria de Música e produção no Mulheres Audiovisual.

Ligia Helena Villon: Formada em Cinema Digital e animação. Montadora, produtora, diretora e roteirista audiovisual. Coprodutora no coletivo independente Alguma Coisa Filmes, e do coletivo Quadrinhos do Mundo, dirigiu 6 curtas e 1 média metragem. Coautora do “Pândega” HQ e do livro “Al Azif: O Necronomicon” lançados pela Skript Editora.

Luana Vicente: Secretaria executiva, roteirista, compositora com graduação em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu (2009). Trabalhou por mais de 10 anos como professora de dança nos estados do Paraná e São Paulo. Atualmente, é vocalista da Banda Somina. Possui experiência em pesquisa e revisão de textos acadêmicos. 

Quézia Lopes: Mestre pela Universidade Federal Fluminense (PPGCine-UFF). Bacharela e licenciada em Cinema e Audiovisual pela mesma instituição (UFF). Bacharela em Comunicação Social (Relações Públicas) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Diretora, Roteirista, e Produtora. Finalista na categoria de Melhor Curta Metragem do 12º Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema e TV (2018); e uma das cinco finalistas brasileiras no Faciuni – Festival Acadêmico de Cine Universitário Internacional 2019, entre outros festivais nacionais e internacionais. Assistente de Produção Executiva e Produtora freelancer. Curadora no VII Frapa – Festival de Roteiro de Porto Alegre (2019) e no II Rota – Festival de Roteiros Audiovisuais (2018). Associada APAN – Associação de Profissionais do Audiovisual Negro

Sara Timóteo: Estudante de Letras – Português na UFR( antiga UFMT- Roo) atua no cenário cinematográfico há 15 anos. Atua na área de pesquisa, programação e produção do Mulheres Audiovisual. Participou das oficinas Kinoforum entre 2011 e 2012, recentemente atuou como Direção de Arte no clipe  ” omo oya “da Pacha Ana pelo coletivo Rio Vermelho e produção de elenco em parcerias com a produtora rock Filmes e Agência Dom Pedro! Atualmente está como Direção de Produção no  projetos Dois bois contemplado pela Lei Aldir Blanc e diretora da Majorris Digital!

 

Somos Mulheres desenvolvendo meios para que nossas referências e nossa contribuição nas artes sejam apreciadas e reconhecidas.

(Visited 1.026 times, 1 visits today)